COMCAM

Cadastre-se e receba por e-mail as últimas novidades da COMCAM!

Notícias

21/06/2022 - Primeiras damas, secretárias e gestoras da Comcam participam de seminário virtual da Escola Federativa

Assessoria Comcam

Primeiras damas, secretarias de Assistência Social e equipes do Cras e Creas de municípios da Comcam participaram na manhã desta terça-feira (21), de um seminário virtual da Escola Federativa, implantada há um mês na Comcam.

O evento teve como prioridade as primeiras-damas, mas reuniu também o presidente da Comcam, Leandro César Oliveira, prefeito de Araruna; o coordenador técnico do Condescom, Renato Correia Lima; prefeito de Barbosa Ferraz, Edenilson Miliossi; o secretário Especial de Assuntos Federativos, Flávio Adalberto Ramos Giussani; Coronel Mauro; entre outros.

O seminário teve como objetivo estimular a integração dos entes federativos às políticas públicas aos planos e programas do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, promovendo a articulação e interlocução do Governo Federal com os municípios da Comcam.

Durante o encontro, foi apresentado aos participantes alguns programas do Governo Federal como o “Qualifica Mulher”; “Mães do Brasil” e “Famílias Fortes”. O seminário teve como mediadora a diretora de Aperfeiçoamento do Pacto Federativo, Laura Juliani Gastaldi. “Nosso maior objetivo é disseminar aos municípios o que o Governo Federal tem à disposição para vocês para que possam melhorar a gestão”, resumiu Flavio Giussani, secretário especial de Assuntos Federativos.

O presidente da Comcam, Leandro Oliveira, agradeceu o Ministério da Mulher por trazer o seminário à região. Ele destacou que o secretário Flávio tem recebido os municípios de ‘braços abertos’ em Brasília. Oliveira avaliou ainda que a Escola Federativa foi um ‘divisor de águas’ para a Comcam.

A Escola Federativa veio para minimizar os impactos na nossa região ajudando a capacitar nossas equipes. Quando se tem equipe capacitada temos os resultados na vida do cidadão. Estamos vendo o inverso, geralmente somos nós que vamos a Brasília, mas agora é Brasília que está vindo até nós”, disse, ao ressaltar a importância do papel da mulher na gestão pública. “A mulher tem capacidade e o poder de mudar todo um ambiente”, resumiu.

Durante o encontro, a diretora do Departamento de Políticas das Mulheres e Relações Sociais da Escola Federativa, Fernanda Massaro dos Santos, falou sobre o programa do Governo Federal “Qualifica Mulher”. O programa tem 16 meses de existência e já atinge mais de 100 mil mulheres no País. “O foco do programa é potencializar os talentos que as mulheres já têm para ingressarem no mundo do trabalho. Primamos pela valorização dos direitos humanos, geração de emprego e renda para a mulher e ações de empreendedorismo”, destacou.

O programa é executado nas regiões em parceria com instituições públicas e privadas. Ele atua em três eixos principais: qualificação e capacitação; ações de empreendedorismo; e na concretização das ações; que permite à mulher a formalização de seu negócio. “Hoje estamos presentes em 27 Estados”, frisou Fernanda. Segundo ela, não há custos para adesão ao programa.

Já sobre o programa “Mães do Brasil”, no âmbito do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, tem como objetivo promover a articulação, a consolidação e o fortalecimento das políticas de proteção e assistência integral à gestante e à maternidade no país. Segundo Fernanda, o Programa pretende estimular a integração de políticas públicas e fomentar ações para a promoção dos direitos relativos à gestação e à maternidade, de modo a garantir os direitos da criança nascida e por nascer, o nascimento seguro e o desenvolvimento saudável, bem como o de fomentar a inserção e a reinserção das mulheres mães no mercado de trabalho, a conciliação trabalho-família e a equidade e corresponsabilidade no lar.

“De forma a concretizar os objetivos, o programa adotou como linha de ação a oferta de apoio relacional à gestante e à mãe por meio do acompanhamento de redes voluntárias e da promoção do fortalecimento dos vínculos familiares, do cuidado e do exercício dos direitos da mulher e dos filhos e a oferta de qualificação profissional para as mulheres, a fim de aumentar a capacidade de empreendedorismo e de empregabilidade, com vistas a sua inserção e reinserção no mercado trabalho, entre outras”, explicou Fernanda.

As ações são executadas pela União, facultada a participação dos estados, municípios e das entidades públicas e privadas, formalizada por meio de instrumento próprio. Durante o seminário, os participantes puderam fazer perguntas e retirar dúvidas referentes aos programas e também às ações da Escola Federativa.

Serviço

Para mais informações, os interessados podem fazer contato via e-mail: escolafederativa.seaf@presidencia.gov.br, ou celular/WatsApp: 61- 9 9426-9631.

Imagens

 -

Outras Notícias

Rua Brasil Nº 879 - Centro
CEP 87301-140 - Campo Mourão - Paraná
(44) 3523-5210
comcam@comcam.com.br
Facebook Twitter Youtube